Crea-SP conclui quinta etapa do Colégio Regional de Inspetores do ano

Resultados da fiscalização apresentados em Praia Grande superaram as expectativas


Cerca de 200 profissionais e convidados participaram da reunião do Colégio Regional de Inspetores

O Crea-SP realizou na noite da sexta-feira 14/06, no Auditório Jornalista Roberto Marinho, da Secretaria de Educação de Praia Grande, a quinta reunião do ano do Colégio Regional de Inspetores, como parte do programa preparatório para o Colégio Estadual de Inspetores, que acontecerá em agosto.

O objetivo do evento de é apresentar os resultados da quinta ação de fiscalização realizada pela força-tarefa do Conselho em 2019, de 22 a 26 de abril, nos municípios das 4ª e 5ª Regionais Administrativas, que compreendem as regiões de Santos e Registro e as regiões da Capital e Barueri, respectivamente. Outras ações do gênero foram realizadas pela força-tarefa do Crea-SP nos primeiros cinco meses desde ano, em municípios das regiões de Araçatuba e São José do Rio Preto (de 11 a 15/02), Garça e São Roque (de 25/02 a 01/03), Barretos e Araraquara (de 18 a 22/03), Campinas e Limeira (de 01 a 05/04), e Taubaté e Santo André – ABCD (13 a 17/05).

Para acessar a íntegra da apresentação dos resultados da fiscalização regional, clique aqui.

O Colégio de Inspetores é o fórum permanente composto pelos inspetores e pelo Presidente do Crea-SP para auxiliar, discutir e propor diretrizes para a fiscalização do Conselho. Um dos objetivos das suas reuniões é o de promover a valorização dos profissionais do Sistema Confea/Crea como agentes transformadores no desenvolvimento sustentável dos municípios.

Compuseram o dispositivo de honra do evento (na foto acima, da esquerda para a direita) o Coordenador da Comissão Organizadora Regional do Congresso Estadual de Profissionais, Eng. Clóvis Sávio Simões de Paula; o Diretor Técnico do Crea-SP, Eng. Márcio de Almeida Pernambuco; o Presidente da Associação dos Engenheiros e Arquitetos de Praia Grande, Eng. Cassius Gomes Cancian; o Conselheiro Federal por São Paulo, Eng. Carlos Eduardo de Vilhena Paiva; o Secretário Municipal de Urbanismo, Eng. Alexander Ramos, representando o Prefeito de Praia Grande, Alberto Pereira Mourão; o Presidente do Crea-SP, Eng. Vinicius Marchese Marinelli; o Vereador Roberto Andrade e Silva (Betinho), Presidente da União dos Vereadores da Baixada Santista; o Conselheiro Federal Suplente, Eng. Carlos Eduardo de Souza; o Inspetor do Crea-SP no município de Praia Grande, Eng. Luís Gustavo Mourelos (Xuxo); a Superintendente de Fiscalização do Crea-SP, Engª Maria Edith dos Santos; e o Coordenador do Colégio de Entidades Regionais – a CDER-SP, Eng. Mamede Abouh Dehn Júnior.


Gerente Regional da 4ª Região Administrativa do Crea-SP, Eng. Arthur Ferreira: agradecimentos à colaboração de todos que participam do processo de fiscalização

Para o primeiro semestre de 2019 o Crea-SP definiu como foco de sua fiscalização as condições do exercício profissional em diversas áreas de mineração, águas subterrâneas, barragens de contenção e hidrelétricas, indústrias de todos os segmentos (principalmente as vinculadas aos setores de petróleo, alimento, química, farmacêutica, borracha, cerâmica, bebida e agroindústria) e das chamadas “obras de arte da engenharia” (pontes, passarelas, túneis e viadutos) – além de estabelecimentos hospitalares, a exemplo de anos anteriores.


Superintendente de Fiscalização do Crea-SP, Engª Maria Edith dos Santos: resultados acima das expectativas

Em breve depoimento, a Superintendente de Fiscalização do Crea-SP resumiu o processo de resgate das ações de fiscalização do Conselho: “Eu, como Agente Fiscal de carreira, senti no passado recente o mesmo que sentiam as nossas equipes que hoje voltam às ruas com força total. Precisávamos retomar essa força e, a partir do momento em que a atual gestão decidiu dar um norte para o planejamento da fiscalização, tudo voltou a funcionar, num processo de integração que conta com a participação de todas as Unidades do Conselho”.

Em breve pronunciamento, Em seu pronunciamento, o Diretor Técnico do Conselho, Eng. Marcio de Almeida Pernambuco (foto acima, ao microfone) destacou que “o Crea-SP tem como missão maior defender a sociedade do leigo, do profissional imprudente, imperito ou negligente – e até do chamado profissional “fantasma” – além das empresas de Engenharia que praticam atividades ilegais e não se adequam às exigências do Sistema Confea/Crea. O Crea-SP defende a sociedade da empresa que não tem responsável técnico. É isto o que a nossa Fiscalização apresenta neste Colégio de Inspetores como resultados acima das expectativas”.

Referindo-se ao Colégio Regional de Profissionais, que acontece no sábado, Pernambuco disse que “se alguma coisa está errada no Crea, de três em três anos temos a oportunidade de mudar o que está errado. O nosso Sistema só pode evoluir se nós mesmos, engenheiros, agrônomos e outros profissionais da área tecnológica, apresentarmos as melhores soluções. Portanto, esta é a hora para isso. E desta vez pode ser muito diferente, pois em mais de trinta anos de atuação no Conselho paulista, jamais participei de um Congresso com tanta lisura, transparência, democracia e liberdade, onde a clareza das atitudes impera”.o

O Secretário Municipal de Urbanismo, Eng. Alexander Ramos (foto acima), declarou que em sua experiência como conselheiro e inspetor da casa adquiriu conhecimentos de fiscalização que hoje são aplicados no desenvolvimento do município de Praia Grande, citando vários profissionais presentes que o ajudaram na absorção dos ensinamentos. “Do Congresso neste sábado sairemos com muitas ideias e tenho certeza, tendo participado de dois Congressos Nacionais, que este será para nós o melhor de todos” – afirmou Alexander.


Presidente Vinicius na apresentação dos resultados da fiscalização regional: sucesso refletido no aumento recorde de ARTs


Presidente Vinicius concedendo entrevista para a página do Facebook da Associação de Praia Grande

Produzido pelo Departamento de Comunicação e Eventos do Crea-SP – DCEV
Reportagem e fotos: Jorn. Guilherme Monteiro.
Colaboração: Claudio Porto – Estagiário de Jornalismo.